• Davi Soares

Dicas de Planejamento Financeiro para Viajar


Como diria Mario Quintana, “viajar é mudar a roupa da alma”. Uma viagem é capaz de nos transformar, de repaginar nossas vidas. Seja sozinho ou em boa companhia, o importante é aproveitar cada momento, cada emoção... e sem estourar o orçamento, claro!


Quando você viaja, tenho a certeza de que não quer se distrair com problemas financeiros. Definitivamente, você não quer perder um grande evento ou experiência porque não planejou bem suas finanças. Afinal, planejar com cuidado os custos de uma viagem resulta em um tempo melhor, com mais tranquilidade.


Pensando nisso, compartilho aqui algumas sugestões para que vocês, “senhores passageiros”, aproveitem com segurança financeira as experiências de uma boa viagem.


Calcule os custos da sua viagem

Seu orçamento irá variar dependendo se você está dirigindo, navegando ou voando para o seu destino, se vai ficar em um hotel ou com amigos, ou se irá comer fora ou cozinhar. Com ajuda da tecnologia, você pode controlar as despesas prováveis de sua viagem. Existem aplicativos em que é possível fazer todo o planejamento de viagem, inclusive simulações de gastos.


Defina um “pote” para viagens

Ter suas despesas planejadas na hora de sair de casa pode eliminar muito o estresse. Após definir os valores, uma solução é ter um “pote” dedicado, ou seja, dar nome ao seu objetivo e investir para realizá-lo. Assim, você poderá contribuir regularmente para a conta de viagens, de acordo com os custos (passagem, acomodação, alimentação, atividades...) e a data em que precisa ter os recursos disponíveis.


Pesquise passagens aéreas

Vai pegar um avião? Procure comprar com antecedência sua passagem e tenha flexibilidade quanto à data do voo – há dias da semana e períodos em que o custo da passagem costuma ser menor. Há diversos sites de internet para pesquisa de passagem. Você pode aproveitar também programas de milhas, companhias aéreas de baixo custo, alerta de preços... enfim, faça uso de ferramentas para economizar.


Fique de olho no câmbio

Quando o assunto é a compra de moeda estrangeira, antecedência é palavra-chave. Não deixe isso para quando estiver no aeroporto do país de destino. Pesquise as taxas pela internet, comparando as cotações e escolhendo uma empresa credenciada para que sua transação seja feita de forma segura. Outra recomendação é a compra em partes (aos poucos e em diferentes momentos), para alcançar um valor médio das variações cambiais.


Considere fazer um seguro

A vida não lhe dá passe livre só porque você está de férias. Por isso, o melhor caminho é se prevenir. O seguro de viagem para cobrir despesas médicas é uma precaução útil que pode poupar você de possíveis contas médicas. Se você quiser viajar por mais de um ano, o seguro saúde internacional oferece cobertura médica, mas por períodos mais longos do que o seguro de viagem.


Use o cartão de crédito com sabedoria

Os cartões de crédito são a maneira mais simples de reservar voos, garantir reservas de hotéis e fazer outras “ações” online. Se você depende de um cartão para todo o percurso, é fácil rastrear com o que você gastou e onde. Mas cuidado para que as coisas não fujam do controle. Lembre-se de que é você quem definirá se ele será o mocinho ou o vilão nessa viagem. Não deixe de impor limites para suas compras, aproveitando menores preços e melhores condições.


Faça planos para pagar suas contas

Suas contas não vão parar só porque você está de férias. Se vai viajar por um tempo, tenha certeza de que está pagando o que é devido. Automatize tudo o que puder.


Aproveite a viagem e relaxe!



Por Davi Soares | Engenheiro por formação, atuou por 9 anos na área de Facilities pelas Multinacionais Grupo Ambipar e Johnson & Johnson. Atualmente, é Planejador Financeiro pela Meu Patrimônio.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo